X

Tão importante quanto contar com um instrumento de qualidade e praticar suas habilidades, é possuir um encordoamento que garanta um timbre impecável e muita durabilidade

 

Para você ter sempre a melhor sonoridade possível, nesta página encontra cordas para baixo das melhores marcas (como D'Addario, Ernie Ball, SG, entre outras) e compatíveis com instrumentos de quatro, cinco e seis cordas!

 

Confira as nossas Dicas para Escolher Cordas para Baixo

Veja dicas para escolher cordas para baixo

 

Instrumento muito apreciado pelo seu timbre grave marcante e por possibilitar melodias com muita variação que se encaixam em diversos gêneros musicais, o baixo elétrico é mais conhecido por seu padrão com quatro cordas. 

 

Porém, ele pode, sim, contar com mais do que esse número e essa diferença tem muito impacto na sonoridade do instrumento.

 

Então, se você está pensando em comprar seu primeiro baixo elétrico ou ampliar sua coleção, confira algumas informações e dicas sobre as características dos baixos com diferentes cordas.

 

 

Cordas para baixo 4 cordas

 

Esse é considerado o modelo padrão, ou seja, o tipo de baixo elétrico mais utilizado pelos músicos dos mais diversos estilos. O encordoamento do baixo 4 cordas é feito para gerar um ótimo timbre com pegada mais grave e proporciona tocabilidade eficiente e confortável de diversas técnicas, especialmente o slap - facilitado pela quantia menor de cordas e pela maior distância entre elas.

 

 

Cordas para baixo 5 cordas

 

Pode parecer óbvio, mas a principal diferença desse modelo para o “padrão” é que ele conta com uma corda a mais. E essa quinta corda, que fica acima de todas as outras e geralmente é afinada em Si (e por isso chamada de “sizona”, por ser mais grave), traz uma grande diferença na sonoridade do baixo.

 

A sizona tem a capacidade de aumentar a tonalidade grave do instrumento, deixando-a ainda mais forte e encorpada, e proporcionar maior alcance (execução) de notas no braço.  

 

Por isso, o baixo com 5 cordas é mais utilizado por músicos um pouco mais experientes e que tocam estilos que demandam esse tipo de sonoridade (como o jazz, por exemplo); um ponto negativo é que a quantidade de cordas e o menor espaçamento entre elas dificulta outras técnicas, como o slap.

 

 

Cordas para baixo 6 cordas

 

Esse é o modelo de baixo elétrico com o maior número de cordas, por isso, seu alcance sonoro é muito mais amplo. Além de contar com a sizona, o instrumento tem outra corda, só que essa fica abaixo de todas as demais, sendo a mais aguda - geralmente afinada em Dó.

 

Devido às suas características (que ainda incluem um corpo mais robusto e maior peso), o baixo 6 cordas é mais utilizado para técnicas avançadas, como acordes e solos. Por isso, ele é considerado um modelo mais indicado para baixistas experientes, que já dominam os outros dois tipos do instrumento e procuram uma sonoridade extra.

 

 

Conguimos te ajudar?

 

Confira aqui as Cordas que selecionamos para você